assessoria de imprensa digital

Assessoria de imprensa digital: 8 coisas que você precisa lembrar

Falar sobre assessoria de imprensa digital significa abordar um campo de atuação importante para a reputação de empresas.

Afinal, é o profissional de assessoria que planeja, constrói e executa ações voltadas para o relacionamento com a imprensa e com os públicos estratégicos das marcas.

No entanto, essas ações não podem ser construídas de qualquer forma.

É preciso alinhar as estratégias com os objetivos de cada cliente e entender que existem diversas possibilidades para construir uma reputação sólida para as marcas.

Pensando nisso, selecionamos, para este post, 8 pontos que não podem faltar na rotina da assessoria de imprensa digital.

Essas 8 dicas são lembretes para que você conquiste resultados assertivos para seus clientes na era informação digital.

8 lembretes sobre assessoria de imprensa digital para melhorar seus resultados

Antes de qualquer coisa, entenda que fazer assessoria de imprensa digital não significa apenas construir releases e fazer clipping. É muito mais do que isso.

A assessoria digital é um nicho que envolve gestão de marcas, cuidado com reputação, relacionamento com públicos estratégicos, mapeamento de fraquezas e muita produção de conteúdo.

Hoje, não basta criar release, fazer follow-up e contabilizar quantos conteúdos emplacaram na imprensa.

Se você quiser ter bons resultados na assessoria de imprensa digital, vai ter de renovar o olhar que tem para essa profissão. E é nisso que queremos te ajudar.

Selecionamos 8 pontos que fazem a diferença em um planejamento de assessoria digital. Use nossas dicas de forma estratégica em sua rotina profissional.

1. Release alinhado com a comunicação digital

Já que estamos falando sobre assessoria de imprensa, não podemos deixar o release de fora deste post.

O release é uma ferramenta muito utilizada pelas assessorias para divulgar alguma informação relevante sobre o cliente, como eventos.

Ou seja, é uma forma de impulsionar a visibilidade da marca na imprensa.

O grande ponto que precisamos lembrar é que, na assessoria de imprensa digital, o release precisa ser encarado de forma muito estratégica, para evitar deslizes pelo caminho.

Em outras palavras, não podemos mais elaborar releases como se estivessemos na assessoria tradicional. Isso não funciona mais.

Release para a comunicação digital precisa ter como base 3 pontos:

  1. Ser multimídia (com texto, fotos, vídeos, áudios e hiperlinks).
  2. Ser relevante (não crie releases apenas por criar).
  3. Ser jornalisticamente atrativo (as redações jornalísticas estão cada vez mais enxutas. Então, facilite a rotina dos jornalistas).

Ou seja, o release ainda é importante, claro. No entanto, precisamos alinhar o conteúdo às exigências da assessoria de imprensa digital.

Se você quiser se aprofundar no assunto, saiba que temos um e-book sobre o papel do release na assessoria digital. É só clicar aqui para fazer o download.

2. Monitoramento de notícias otimizado

Segundo lembrete para uma assessoria de imprensa digital de resultados: encontre uma alternativa para otimizar o monitoramento de notícias.

O monitoramento de notícias, também conhecido como clipping, é um dos pilares do planejamento de assessoria de imprensa.

Era assim na assessoria tradicional e continua da mesma forma na era da informação digital.

No entanto, lembre-se que vivemos um cenário de abundância de informação. E existem diversas fontes jornalísticas interessantes para a reputação de marcas.

São jornais impressos e digitais.

São matérias de rádio e de Tv.

São vídeos e podcasts.

Isso sem falar nas redes sociais (que é assunto de outro tópico deste post).

Então, com essa quantidade significativa de fontes jornalísticas para monitorar, como evitar estresse, retrabalho e furos?

A resposta está em 2 alternativas: ferramentas de clipping e clipadoras.

Ferramenta de clipping

A ferramenta de clipping de notícias é uma grande aliada da assessoria de imprensa digital. Afinal automatiza a captura por matérias jornalísticas e garante mais autonomia para os profissionais de comunicação.

Uma plataforma profissional para clipping, como o Knewin News, permite que você consiga construir buscas noticiosas para todos os seus clientes, independentemente da quantidade de palavras-chave.

Aliás, a não limitação de palavras-chave proporciona um clipping mais completo e mais estratégico. Afinal, você consegue monitorar notícias sobre o seu cliente, sobre a concorrência e sobre o nicho de atuação empresarial.

Além disso, o Knewin News também conta com filtros estratégicos para segmentar a sua pesquisa, incluindo variedade de idiomas e formatos de conteúdo.

É possível monitorar TV, rádio, impresso e digital em uma única plataforma.

Outra vantagem do Knewin News é a possibilidade de configurar o envio automático de relatórios analíticos sobre as notícias relacionadas à sua busca.

Ou seja: otimização na medida certa para você e com o olhar estratégico que a assessoria de imprensa digital necessita.

Para conhecer o Knewin News, clique aqui e solicite um teste gratuito em nossa plataforma completa para clipping de notícias.

Clipadora

As clipadoras são outras alternativas para otimizar o monitoramento de notícias na era da abundância de informações.

Essas empresas, como o Knewin Monitoring, trabalham focadas em construir um monitoramento de notícias personalizado, analítico e estratégico para você.

Grandes empresas, por exemplo, se beneficiam do serviço das clipadoras.

Afinal, os profissionais dessas organizações têm muitas demandas para cumprir. Isso significa que nem sempre têm tempo de fazer monitoramento de notícias.

Ou seja, as clipadoras surgem para agilizar o processo de clipping, sem que a qualidade do monitoramento seja comprometida.

Com o auxílio do Knewin Monitoring, por exemplo, você obtém um monitoramento de mídias alinhado com um escopo de palavras-chave estratégicas para os seus clientes.

E esse monitoramento vai ser analisado a partir de métricas estratégicas para a assessoria de imprensa digital.

Em outras palavras, as clipadoras conseguem unir o monitoramento com a análise de informações, de forma personalizada para cada cliente.

E isso permite que você dê passos mais precisos em suas estratégias de comunicação digital.

Para conhecer o Knewin Monitoring, é só clicar aqui.

3. Parceria com influenciadores digitais

Terceira dica para executar uma assessoria de imprensa digital de resultados: parceria com influenciadores digitais.

Se você ainda não usa o marketing de influência em sua estratégia de comunicação, é hora de repensar as ações criadas para seu cliente.

O marketing de influência, que é o tema de um dos nossos e-books, amplia a visibilidade dos seus clientes porque alinha a comunicação da marca com figuras estratégicas, os influenciadores digitais.

Os influenciadores são pessoas que, com produção de conteúdo, conquistaram um local de autoridade no meio digital, em diferentes nichos.

E um assessor de imprensa digital precisa entender que os influenciadores ajudam a impulsionar a visibilidade das marcas e, inclusive, a potencializar as vendas de um produto.

Tudo isso acontece por causa de 3 aspectos:

  • Autoridade no assunto.
  • Criação de laços fortes com o público.
  • E confiança na informação transmitida.

Aposto que você já foi influenciado digitalmente por alguém.

Eu já fui, e você?

Então, é hora de reconhecer o potencial dos influenciadores digitais e estabelecer parcerias com as pessoas mais estratégicas para seu cliente de comunicação.

Você vai ver que uma boa parceria faz toda a diferença nos resultados da assessoria de imprensa digital.

4. Comunicação humanizada

Quarto lembrete deste post (que você deveria escrever em post-its e colar em seu notebook, no seu escritório ou na sua mesa de trabalho): comunicação humanizada.

Já passou a hora das empresas entenderem que comunicação precisa ser humanizada.

Em outras palavras, é essencial construir um discurso e um diálogo de pessoa para pessoa.

Marcas precisam ter como base 3 coisas para sobreviver à era digital:

  1. Empatia.
  2. Coerência no discurso.
  3. E autorresponsabilidade.

E isso precisa estar alinhado na comunicação interna, na comunicação externa e nos valores da empresa.

Ou seja, é essencial construir um planejamento de assessoria que tenha como base um discurso humanizado. No entanto, isso precisa fazer parte de todas as esferas da empresa.

Mas por que isso faz parte deste post? Por um simples motivo. O assessor digital constrói ações que aprimoram o relacionamento entre marca e públicos em diferentes ocasiões.

E para que isso traga bons resultados, temos de pensar em uma linguagem e um posicionamento que transmitam empatia e que mostrem que a marca é feita de pessoas.

Por mais que a empresa venda um produto, transmita na comunicação da empresa que a organização vai além disso.

A empresa é feita por pessoas. Mostre isso.

A marca está falando com pessoas. Lembre-se disso na hora de construir um conteúdo.

5. Produção de conteúdo próprio

Quer mais uma dica para executar uma boa assessoria de imprensa digital? Bem, produza conteúdo de qualidade para seu cliente. E use isso como mantra no dia a dia.

A produção de conteúdo é uma das ferramentas que o meio digital proporcionou às marcas.

É possível criar conteúdo para blog (e investir em estratégia de marketing de conteúdo).

É possível pensar em materiais para redes sociais.

É possível criar vídeos para o Youtube… E, além disso, também existem os anúncios pagos.

Tudo isso permite que você consiga garantir mais visibilidade à imagem de seu cliente. E o melhor: não é necessário depender apenas da imprensa para concretizar isso.

Em outras palavras, produzir conteúdo te livra das amarras do disparo de releases e de sugestões de pauta.

Afinal, convenhamos, não é sempre que nossos clientes têm assunto que valha a pena virar release.

Além disso, a produção de conteúdo ajuda no fortalecimento da relação entre marca e público estratégico. E isso ocorre porque você consegue manter uma comunicação direta com as pessoas certas.

Então, se você quiser destacar o seu cliente da concorrência, produza conteúdo.

No entanto, não faça isso de qualquer jeito. Para sobreviver às exigências da assessoria de imprensa digital, valorize o termo qualidade.

Conteúdo de qualidade faz a diferença no meio digital.

E se você quiser ajuda para fazer isso, saiba que temos um e-book para te auxiliar. É só clicar aqui para fazer o download gratuito.

6. Gestão e monitoramento de redes sociais

Sexta dica para ser um assessor de imprensa digital de sucesso: faça gestão e monitoramento de redes sociais.

A gestão de redes sociais garante visibilidade às marcas, permite interação direta com o público e ainda facilita a publicação de conteúdos próprios para as marcas.

Além disso, a gestão tem relação com:

  • A construção de uma imagem sólida para a marca.
  • O fortalecimento de laços com os seguidores.
  • E a conquista de autoridade em determinado assunto.

Nas redes sociais, é preciso lembrar que as marcas precisam ir além da venda do produto. Elas têm de ser úteis às pessoas.

Para isso, é preciso fazer monitoramento de redes sociais.

O monitoramento anda lado a lado com a gestão dos canais sociais na assessoria de imprensa digital.

A partir do monitoramento, conseguimos as informações necessárias para:

  1. Construir ações de comunicação mais alinhadas com as expectativas do público.
  2. Ajudar gestores de marcas a tomarem decisões mais precisas na era da competitividade digital.
  3. Entender o público de forma estratégica, analisando detalhes relevantes e significativos para o lançamento de um novo produto, por exemplo.

No entanto, para que isso seja possível, temos de contar com a ajuda de uma ferramenta que facilite o processo.

Ferramenta de monitoramento de redes sociais

A ferramenta para monitoramento de redes sociais é uma alternativa para agilizar a análise do Facebook, do Twitter e do Instagram e para evitar furos e retrabalho.

Com a plataforma, você consegue selecionar termos específicos para monitorar nas principais redes sociais. E isso  proporciona um olhar mais cuidadoso em relação à sua marca.

O Knewin Social é um exemplo de plataforma profissional para monitoramento de canais sociais. Essa ferramenta garante a automação do processo e evita que você esqueça de alguma menção sobre seu cliente.

Além disso, a ferramenta entrega relatórios sobre temas monitorados nas redes sociais, bem como automatiza o processo de análise de sentimento.

Para conhecer o Knewin Social, é só clicar aqui e solicitar um teste gratuito.

7. Planejamento para gestão de crises

Sétimo lembrete para ter sucesso na assessoria de imprensa digital: elabore um planejamento para crises de imagem.

Todas as empresas estão sujeitas a passar por crises na era da informação digital. Então, precisamos ser profissionais preparados para enfrentar instabilidades.

E a melhor maneira de proteger a reputação de seu cliente em momentos delicados é contar com a ajuda de um planejamento.

O planejamento para crises te ajuda a enfrentar instabilidades com mais calma, menos estresse, menos correria e menos tentativa de apagar incêndios.

Afinal, o plano conta com diretrizes para te ajudar  a dar passos mais precisos, sem gerar deslizes desnecessários.

Aliás, o planejamento para crises precisa conter ações para lidar com a imprensa e, principalmente, com as redes sociais.

Afinal, nas redes sociais, o cenário negativo pode ser potencializado de forma inimaginável.

Então, se você deseja ser um assessor digital de resultados, construa um bom planejamento para crises para seus clientes.

Se quiser ajuda, faça o download de 2 e-books do nosso blog:

  1. 8 passos para construir um bom planejamento para crises de imagem.
  2. Planejamento para crises de imagem em redes sociais.

8. Atualização profissional

A última dica do nosso post tem a ver com a atualização profissional.

E resolvemos incluir esse ponto neste post porque o meio digital muda de forma constante.

Os algoritmos de redes sociais sempre são atualizados.

Novas funcionalidades surgem em um piscar de olhos nas redes sociais.

E novas métricas são incluídas na mensuração de resultados.

Ou seja, se ficarmos estagnados e sem procurar por atualização profissional, vamos entregar resultados incompletos para nossos clientes.

Portanto, procure fazer cursos sobre assessoria digital, sobre marketing digital, sobre redes sociais e tantos outros assuntos. O importante é andar lado a lado com as mudanças do cenário profissional.

Por fim, se quiser se aprofundar no assunto, faça o download do nosso e-book Assessoria de imprensa digital: do release à análise de dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *