8 segredos para uma assessoria de imprensa de sucesso

Quem trabalha com assessoria de imprensa sabe que essa área de atuação tem sofrido transformações significativas por causa do meio digital.

E se não soubermos quais são essas transformações, não vamos conseguir cuidar da imagem de nossos clientes com efetividade.

Então, para te ajudar a conquistar uma assessoria de imprensa muito mais efetiva para seus clientes, resolvemos mapear estratégias imprescindíveis para uma boa comunicação externa.

Esperamos que nossas dicas te ajudem a ser um profissional mais alinhado com o que o mercado de trabalho tem exigido dos assessores de imprensa.

Lembre das nossas 8 dicas para executar uma assessoria de imprensa de sucesso

Ao mapearmos o cenário da assessoria digital, chegamos a 8 estratégias que fazem diferença significativa na conquista de resultados.

Entenda que nossas dicas servem para te ajudar a ter uma base sólida para elaborar ações de comunicação mais assertivas para seu cliente.

No entanto, sempre tenha em mente que cada caso é um caso. Ou seja, as ações precisam ser personalizadas para cada cliente, a fim de obter bons resultados e garantir uma construção sólida de reputação para a marca assessorada.

1. Clipping de notícias

O monitoramento de notícias tem sido a base da assessoria de imprensa desde a época da comunicação tradicional. Agora, com o meio digital, a estratégia se tornou uma ferramenta-chave para o sucesso das empresas.

Muitos assessores ainda enxergam o clipping como uma estratégia que apenas monitora releases ou sugestões de pauta que emplacaram na imprensa. Mas essa é uma visão limitadora de uma ferramenta tão completa para mapear a imagem do cliente.

Monitoramento de mídias serve para muitas coisas na assessoria de imprensa digital. Quer ver só?

  • Identificação de fraquezas do assessorado.
  • Monitoramento do nicho de mercado.
  • Acompanhamento da concorrência.
  • Prevenção de crises.
  • Gestão de crises.
  • Análise de sentimento.
  • Inteligência de mercado.
  • Mapeamento de tendências.
  • Análise dos cenários econômico e político.
  • Detecção de fake news.

Clipping vai muito além do monitoramento de releases que emplacaram na imprensa. Mas esse processo deve ser executado com estratégia, a fim de evitar o aparecimento da gargalos na rotina.

Clipping como gargalo na assessoria digital

Para que possamos executar um monitoramento de mídias completo, temos de entender que procurar notícias de forma manual não é a melhor escolha.

Pare por um momento e calcule quantas fontes noticiosas você tem de monitorar para seu cliente. Aposto que você vai se perder na conta. Entenda o motivo:

  • Jornais impressos.
  • Jornais digitais.
  • Revistas impressas.
  • Revistas digitais.
  • Matérias de TV.
  • Matérias de rádio.
  • Vídeos digitais.
  • Portais de notícia.
  • Blogs.
  • Sites de nicho específico.
  • Canais de influenciadores digitais.

E por aí vai… Imagine fazer isso manualmente. O resultado é o seguinte: perda de tempo no clipping, investimento financeiro alto para cobrir todo esse escopo de fontes noticiosas, profissionais estressados e cliente insatisfeito com a quantidade de furos.

Será que realmente vale a pena deixar o clipping manual? Pense bem. É a reputação de seu cliente que está em jogo.

Software profissional de clipping

Se o cenário de gargalo no clipping faz parte da sua rotina como assessor de imprensa, saiba que há solução.

É possível evitar que a reputação de seu cliente seja abalada e ainda otimizar o clipping, evitando profissionais estressados e furos na rotina.

A resposta está no software profissional para clipping. O Knewin Notícias é uma plataforma que otimiza o monitoramento de mídias, evitando furos e garantindo mais praticidade para a assessoria de imprensa.

Escolher uma plataforma como o Knewin Notícias significa facilitar o monitoramento de conteúdos noticiosos e garantir outras vantagens. A ferramenta envia alertas sobre o clipping, permite a configuração de envio de newsletters e relatórios inteligentes, além de ajudar no cálculo de centimetragem e valoração.

Além de tudo isso, para te ajudar a estruturar um clipping completo e abrangente, o Knewin Notícias conta com uma equipe de suporte capacitada para te auxiliar a todos os momentos.

Por que você não solicita um teste gratuito em nossa ferramenta? Isso vai te ajudar a compreender a potencialidade do clipping para a assessoria de imprensa.

2. Disparo de releases

Outra estratégia que faz diferença na assessoria de imprensa é o disparo de releases. Claro que, para isso, é preciso lembrar de alguns pontos que garantem assertividade e evitam passos em falso pelo caminho.

Desde a assessoria tradicional, o release é considerado uma ferramenta-chave para facilitar a divulgação da imagem dos clientes assessorados.

A questão é que, hoje, não podemos mais pensar na estratégia como fazíamos há alguns anos. Afinal, vivemos uma era de redações enxutas e de releases publicados no meio digital. Ou seja, o jogo mudou.

Para que tenhamos sucesso na elaboração e no disparo de releases, precisamos lembrar dos seguintes aspectos:

  • Estruturação do release como texto jornalístico. Temos um post super completo sobre isso. Clica aqui pra ler!
  • Inserção de técnicas de SEO nos releases. Não sabe o que é isso? Também temos um post sobre isso, com um especialista em SEO falando sobre o assunto.
  • Segmentação no mailing jornalístico, para evitar que um jornalista que não pauta assuntos relacionados ao seu cliente receba o conteúdo. E a gente tem e-book sobre isso!

Lembre-se de tudo isso na próxima vez que for elaborar um release. Isso vai fazer toda a diferença na sua assessoria de imprensa.

3. Gestão de redes sociais

Em um post sobre assessoria de imprensa digital eficaz não poderia faltar um tópico sobre gestão de redes sociais, certo?

Esse é um serviço que muitos assessores ainda sentem receio em oferecer ao cliente. A justificativa, em muitos casos, tem a ver com o fato de que redes sociais é coisa de Social Media.

Você pensa assim? Opa, é hora de repensar isso. Você está prejudicando os resultados para seu cliente.

Gestão de redes sociais tem a ver com produção de conteúdo próprio (sem depender de releases), na interação direta com os consumidores, na humanização da marca, em um Atendimento ao Cliente mais efetivo e na possibilidade de garantir melhor visibilidade para o assessorado.

Tudo isso tem a ver com algo muito importante na assessoria de imprensa: construção de laços de confiança com o público.

Viu só como gestão de redes sociais tem a ver com o seu trabalho? Aliás, é uma ótima maneira de potencializar a conquista de resultados e de não ficar dependente da divulgação da imprensa.

E se você quiser se aprofundar no assunto, saiba que temos um e-book completo e gratuito sobre gestão de redes sociais na assessoria digital. Clica aqui!

4. Monitoramento de redes sociais

Monitoramento de redes sociais é um tópico que você deveria prestar atenção. Então, mantenha a sua concentração em nosso artigo e continue a leitura.

Muitos assessores de imprensa confundem gestão e monitoramento de redes sociais. É comum isso acontecer, pois são estratégias complementares (e separadas por uma linha tênue).

No entanto, essa linha tênue faz toda a diferença na rotina de quem trabalha com assessoria de imprensa. Ao confundirmos as estratégias, limitamos nossa atuação profissional e deixamos nossos clientes vulneráveis às crises de imagem.

Se gestão de redes sociais tem a ver com a produção de conteúdo, com a criação do cronograma para criar cards para Facebook e com a interação com o consumidor, o que sobra para o monitoramento? Muita coisa importante.

O que é monitoramento de redes sociais

Monitorar canais sociais tem a ver com mensuração de resultados.

Mensurar resultados é um passo essencial na assessoria de imprensa, mas que muitas agências de comunicação deixam de lado.

E não é difícil entender o motivo para isso. Mensuração de resultados tem a ver com gráficos, métricas, números, relatórios e planilhas. Tudo o que um comunicador social tem medo.

Mas o blog Assessor de Imprensa está aqui para te ajudar a mudar de ideia e a executar uma assessoria digital muito mais eficaz para o seu cliente.

Monitorar redes sociais não é um bicho de sete cabeças. Então, não varra a estratégia para debaixo do tapete, ok?

Ao mensurar os canais sociais de seu cliente, você pode entender como está o trabalho da assessoria, analisar como os consumidores enxergam a marca, além de transformar todas as publicações para o Facebook em dados analíticos. Mas como fazer isso sem comprometer a rotina, blog AI? Simples!

Sabia que existe software para monitorar redes sociais?

Da mesma forma que o clipping, o monitoramento de redes sociais pode se tornar um gargalo se executado de forma manual. E não é isso que você quer, não é mesmo?

Até porque você precisaria de um profissional focado em apenas monitorar os canais sociais.

Mas é possível deixar a ação repetitiva para um software profissional. E o que vai sobrar para o assessor? A tarefa estratégica!

O Knewin Social é a nossa ferramenta para monitoramento de canais sociais. Com ela, você transforma a ação repetitiva e complicada de ficar de olho nas redes sociais de seu cliente em um processo otimizado.

Otimizar o monitoramento permite que os profissionais das agências consigam ter tempo para ter um olhar mais estratégico sobre a imagem do cliente.

A ajuda do Knewin Social facilita o monitoramento da concorrência, a análise dos dados referentes aos canais sociais do cliente, a análise de sentimento, a gestão de crises e o acompanhamento das notícias publicadas nessas plataformas.

Automatizar esse processo permite que o assessor consiga utilizar o olhar habilidoso para metrificar os dados, para traçar planos de contingência e para obter insights de oportunidades para os clientes. Ou seja, o assessor passa a ter um papel muito mais estratégico no processo das mídias sociais.

Ficou com vontade de conhecer a nossa plataforma? Clica aqui. Nossa equipe está esperando o seu contato.

5. Influenciadores digitais

O quinto ponto do nosso post é um tema muito relevante na rotina da assessoria de imprensa digital.

Não podemos negar. Os influencers são pessoas importantes para a visibilidade das marcas e para a conquista de laços de confiança mais sólidos com o público de interesse do assessorado.

Aliás, segundo um estudo do Instituto QualiBest, divulgado em 2018, os influenciadores digitais são a segunda fonte de influência para a compra de um produto. Os influencers perdem apenas para a opinião de parentes e amigos.

Isso quer dizer que um assessor de imprensa que deixa a parceria com os influenciadores de lado está limitando o ganho de visibilidade do cliente.

Mas aqui vale um lembrete. Influenciador digital é ótimo para a imagem de uma marca. Mas isso precisa ser feito com um olhar muito estratégico, para evitar prejuízos no serviço de assessoria.

Você pensa em microinfluenciadores?

Quando traçam parcerias com influenciadores digitais, muitas agências consideram aquelas pessoas com milhões de seguidores.

O que acontece nesse cenário é que há um investimento na parceria com esse influenciador conhecido por um público abrangente, mas nem sempre o retorno supera as expectativas.

Um influenciador com milhões de seguidores atinge pessoas de diversas idades, localidades e interesses. Ou seja, pode ser que você não consiga atingir o público certo de seu cliente.

E é por isso que queremos que você compreenda a relevância dos microinfluenciadores digitais.

Os microinfluenciadores são escolhas estratégicas para a assessoria de imprensa. Essas pessoas têm menos seguidores. No entanto, como abordam um nicho específico, os seguidores têm mais interesse no assunto e são mais engajados.

Então, da próxima vez que pensar em uma parceria com influencers, considere pessoas que trabalham com um tema específico ou com uma região segmentada. Você vai ver que seus resultados vão ser muito mais eficazes desse jeito.

6. Gestão de crise

Outro ponto que faz toda a diferença no sucesso da assessoria de imprensa digital é a preocupação com gestão de crise.

Quem trabalha com comunicação externa tem de lembrar que todas as empresas estão vulneráveis às crises de imagem na era digital.

Com as redes sociais e o compartilhamento instantâneo de notícias, as marcas ficam sujeitas ao aparecimento de turbulências pelo caminho.

E qual a melhor maneira de lidar com a situação? Lembrar que planejamento para gestão de crise é imprescindível para uma assessoria de imprensa de sucesso.

O plano de ação para situações de crise funciona como uma base sólida para enfrentar situações turbulentas com habilidade, sem que a marca de seu cliente fique ainda mais exposta e vulnerável ao agravamento do cenário.

É preciso lembrar que o planejamento para crises deve incluir ações de clipping e ações para redes sociais.

E se você não sabe como agir nessas situações, respire fundo. Estamos aqui para te ajudar.

7. Planejamento de comunicação

Planejamento de gestão de crise não é o único plano de ação que você tem de valorizar na assessoria de imprensa.

Há também o planejamento de comunicação, que vai nortear o trabalho do assessor e que vai garantir que as estratégias estejam alinhadas com os objetivos da marca do cliente.

O planejamento de assessoria é um documento que precisa ser estruturado antes de “colocar a mão na massa”. Afinal, precisamos ter uma base sólida para que consigamos elaborar ações assertivas para aprimorar o relacionamento com o público de interesse.

Nesse processo, precisamos nos preocupar com análise SWOT, com alinhamento de expectativas da marca, com o mapeamento do público de interesse e com os serviços que você vai oferecer ao cliente.

Planejamento de assessoria leva um tempo para ser construído. No entanto, compreenda que, sem ele, não vamos ter noção do que temos de elaborar para o cliente.

Se você tem dificuldades em elaborar um planejamento assertivo para o cliente, estamos aqui para te ajudar. Temos um e-book com 8 passos para a estratégia e um template editável sobre o assunto.

8. Produção de conteúdo para blog

Por fim, a oitava dica que selecionamos para este post sobre assessoria de imprensa eficaz tem a ver com produção de conteúdo próprio para seu cliente.

A produção de conteúdo para redes sociais é uma alternativa para garantir a visibilidade do cliente, sem depender da imprensa. Mas há outra forma de fazer isso.

O artigo que você está lendo é um conteúdo para blog. Se você trabalha em uma agência, por exemplo, já pensou em ter uma equipe para criar conteúdo de blog para seu cliente?

Entenda que o conteúdo para blog ajuda a garantir a visibilidade das marcas porque tem relação com as técnicas de SEO.

Mas não é só isso. Um blog com conteúdo de qualidade ajuda a conquistar autoridade no meio de atuação da marca. Ou seja, seu cliente acaba se tornando uma fonte de referência para os consumidores.

E isso é importante para conquistar novos consumidores para a marca do assessorado.

Nossas 8 dicas são uma forma de te ajudar a garantir melhores resultados na assessoria de imprensa. Para se aprofundar no assunto, sugerimos o download do nosso e-book 10 dicas para melhorar os resultados da assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *