Social media training: estratégia importante na assessoria digital

O social media training é uma estratégia importante no contexto de visibilidade das marcas e das figuras públicas em canais sociais. Afinal, o que é publicado no meio digital é encarado como oficial. Ou seja, pode causar consequências significativas para a imagem de uma empresa.

Assim, da mesma forma que profissionais se preocupam com o treinamento de imprensa para porta-vozes, é necessário começar a investir no social media training.

Inclusive, esse treinamento para redes sociais é essencial para:

  • Porta-vozes.
  • Público interno.
  • Profissionais de comunicação.

O que significa social media training na assessoria digital?

Quando falamos de assessoria de imprensa, é comum lembrar do media training, ou treinamento de imprensa. 

Essa estratégia ajuda gestores de empresas e porta-vozes a entenderem como devem se portar diante de jornalistas, de coletivas de imprensa e de entrevistas.

Além disso, mostra como funciona o dia a dia dentro de redações. E isso ajuda a alinhar expectativas entre assessor e assessorado.

No entanto, com o meio digital, vieram as redes sociais.

Os canais sociais são plataformas que garantem mais visibilidade para marcas, figuras públicas e órgãos governamentais.

Com isso, o media training teve que se reinventar. Afinal, foi preciso agrupar essas ferramentas no processo de cuidado com reputação e com imagem dos assessorados.

Assim, temos o social media training, estratégia voltada para porta-vozes, público interno, profissionais de comunicação e demais representantes de empresas.

  • Social media training como ferramenta estratégica

O social media training nada mais é do que uma ferramenta estratégica para mostrar que tudo o que publicamos nas redes sociais tem uma consequência.

E se isso é realidade para pessoas comuns, imagine para figuras públicas e para empresas, certo?

Às vezes, os porta-vozes publicam tuítes no calor de uma discussão. Assim, não pensam nas consequências dessa atitude.

Em outros casos, figuras públicas fazem Stories e acabam aprofundando cenários delicados. Um exemplo é o que aconteceu no caso Neymar em junho de 2019.

E, além disso, existem situações em que as empresas estão em crise e divulgam uma nota de esclarecimento nas redes sociais. O problema é que o comunicado acaba gerando mais deslizes, como o caso do Carrefour em 2018.

Em outras palavras, as redes sociais são plataformas oficiais para a imagem de uma marca, de uma figura pública e de entidades governamentais.

Assim, precisamos usá-las com estratégia, sabendo que todo passo que damos precisa ser assertivo.

Dessa forma, o social media training mostra que tuítes, vídeos, fotos, Stories e compartilhamentos podem, sim, afetar o desempenho de uma empresa nas redes sociais.

Ou seja, é uma ferramenta para conscientizar os clientes de assessoria digital sobre o uso que fazem do Facebook, do Twitter e do Instagram.

Além disso, o treinamento para redes sociais também ajuda a alinhar os discursos de marca. Isso evita ruídos entre comunicação interna e externa.

Como incluir o treinamento de redes sociais no planejamento de comunicação

Ao entender que o treinamento de redes sociais é uma ferramenta estratégica e que ajuda no processo de educação do assessorado, é importante inclui-lo no planejamento de comunicação.

Um bom planejamento de comunicação precisa conter todos os passos que envolvam pontos de contato entre marca e públicos estratégicos. 

Ou seja, é essencial pensar em matriz SWOT, em estratégias de conteúdo em media training e em social media training.

Geralmente, inserimos o treinamento de imprensa como parte do planejamento de comunicação. Assim, deixamos a questão das redes sociais desprotegida.

No entanto, como você percebeu, não pode mais ser assim. Então, inclua o social media training como parte integrante dos treinamentos que ajudam os clientes a se portarem com mais assertividade em relação aos públicos.

  • Como aplicar o social media training na assessoria digital

Se você trabalha com comunicação interna, prepare um social media training voltado para os colaboradores da marca. Traga cases. Faça pesquisas. Incentive o uso consciente e profissional das redes sociais.

Mas se você atua com comunicação externa, prepare um social media training voltado para porta-vozes ou para o próprio cliente.

O objetivo é mostrar como o uso das redes sociais pode impactar, positiva ou negativamente, a imagem e a opinião pública.

Basicamente, defina os objetivos da estratégia. Explique o impacto das redes sociais na imagem de uma empresa. Traga cases para exemplificar deslizes e acertos. Faça um diagnóstico da atuação do porta-voz nas redes sociais. E identifique possíveis alertas.

Além disso, entenda uma coisa. Hoje, não há separação entre offline e online. Tudo é integrado.

Por isso, precisamos conscientizar nossos clientes de comunicação que uma simples publicação no Facebook pode colocar todo o trabalho de construção de reputação por água abaixo.

Assim, temos de entender que, quando representamos uma marca, seja como colaborador ou como porta-voz, carregamos todos os valores da empresa conosco, principalmente nas redes sociais.

Por fim, para aproveitar o poder do treinamento de imprensa e do social media training, sugerimos a leitura do nosso e-book Media training – como construir uma estratégia de resultados.

2 comentário em “Social media training: estratégia importante na assessoria digital

    1. Oi, Wallace. São profissões diferentes, com funções diferentes. No entanto, muitos assessores trabalham por conta própria hoje em dia. Se o profissional não souber como fazer gestão de mídias sociais ou não oferecer isso para o cliente, vai entregar resultados incompletos. Os sites de mídias sociais são essenciais para a comunicação externa de uma empresa na era digital em que estamos vivendo.

      Confere o nosso infográfico sobre mídias sociais para se aprofundar no assunto: https://goo.gl/8EZLLd 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *