redes sociais para empresas

Monitoramento de redes sociais para empresas: como fazer?

O monitoramento de redes sociais para empresas é uma estratégia importante para fortalecer o relacionamento entre marcas e públicos estratégicos.

Além disso, essa técnica também ajuda a garantir mais visibilidade para empresas no meio digital.

O problema é que ainda há quem confunda o monitoramento com o gerenciamento das plataformas digitais.

E isso prejudica o resultado de planejamentos de comunicação e a competitividade organizacional.

Por isso, é essencial saber como monitorar redes sociais para empresas de forma efetiva, garantindo autoridade, engajamento e visibilidade para a marca de seu cliente.

6 passos para acertar no monitoramento de redes sociais para empresas

Como falamos anteriormente, ainda há muita confusão entre gestão e monitoramento de redes sociais para empresas. E isso pode afetar os seus resultados profissionais.

Portanto, o primeiro passo rumo a um monitoramento efetivo é entender que essas estratégias são diferentes, porém complementares.

A gestão tem relação com a criação de conteúdo para redes sociais e com a interação com o público.

Por sua vez, o monitoramento de redes sociais para empresas tem a ver com a análise de dados presentes no Facebook, no Instagram e no Youtube, por exemplo.

Inclusive, temos um post que aborda as diferenças e as complementaridades entre as duas estratégias. É só clicar aqui para ler o conteúdo.

Com isso em mente, saiba que monitorar redes sociais não precisa ser algo complexo. É possível simplificar o processo e deixar a sua rotina profissional mais efetiva.

Para te ajudar nessa tarefa, selecionamos 6 passos para você acertar na análise de redes sociais do seu cliente de comunicação.

1. Escolha a ferramenta certa para monitorar redes sociais para empresas

Para monitorar redes sociais com efetividade, entenda a importância de escolher uma ferramenta que otimize essa tarefa.

Afinal, redes sociais são instantâneas. E quando falamos sobre reputação de marcas, é essencial lembrar disso.

Podem existir menções sobre a empresa em todos os canais sociais. Dessa forma, é preciso monitorar todas as plataformas de interação entre marca e público.

E a melhor maneira de fazer isso é contar com a ajuda da tecnologia.

A ferramenta de monitoramento Knewin Social é uma plataforma completa para análise das principais redes sociais, garantindo a otimização necessária para a sua rotina profissional.

Na plataforma, você consegue estruturar buscas precisas para monitorar a sua empresa nas principais redes sociais. Isso é feito a partir da escolha de palavras-chave estratégicas para o seu negócio.

Essas buscas se tornam automatizadas, evitando que você perca tempo procurando (de forma manual) por menções sobre a marca no meio digital.

Além disso, o Knewin Social automatiza a análise de sentimento das menções e a elaboração de relatórios sobre diversos aspectos relacionados à sua empresa.

Então, se você deseja fazer monitoramento de redes sociais para empresas com efetividade, entenda a importância de otimizar essa demanda.

A tecnologia diminui o tempo perdido com a captura de dados e permite que você consiga tomar decisões muito mais estratégicas.

Para conhecer o Knewin Social, clique aqui e solicite um teste gratuito em nossa ferramenta completa para monitoramento de mídias sociais.

2. Defina o objetivo do monitoramento

Segundo passo para simplificar o monitoramento de redes sociais para empresas: defina objetivos.

A definição de objetivos é a base de qualquer estratégia de comunicação. E isso se torna ainda mais relevante quando falamos de informações digitais.

Afinal, os canais sociais são repletos de dados, comentários e publicações.

Se você não souber o que deseja monitorar, vai ficar complicado garimpar as informações certas para a empresa.

Então, antes de qualquer coisa, sente com seu cliente de comunicação e defina o que precisa ser monitorado.

Você pode monitorar produtos específicos, hashtags, marcas, nome de figuras públicas, concorrência e relacionamento com o público da empresa, por exemplo.

Essas categorias são a base de todos os passos de um bom monitoramento de redes sociais para empresas.

Afinal, são elas que vão nos ajudar a estabelecer parâmetros e definir periodicidade para a captura e a análise de informações.

Então, antes de colocar a mão na massa, defina um escopo de assuntos que precisam fazer parte do seu radar de monitoramento de mídias sociais, certo?

3. Escolha palavras-chave que que precisam ser monitoradas

O terceiro ponto deste post está interligado com a definição de objetivos.

Afinal, a escolha de termos, ou palavras-chave, essenciais para o monitoramento depende das categorias de assuntos que precisam ser analisados.

Às vezes, a gente esquece, mas a escolha de palavras-chave estratégicas nos ajuda a deixar o monitoramento de redes sociais para empresas mais segmentado, mais efetivo e mais prático.

E não é para menos. Quando sabemos por quais termos pesquisar, fica mais fácil focar no que realmente importa.

Então, para não ficar procurando agulha em palheiro, escolha uma lista (não muito grande, por razões óbvias) de palavras-chave que podem te ajudar no monitoramento de empresas nas mídias sociais.

Esses termos precisam ter relação com as categorias de assuntos que precisam ser monitorados.

Para facilitar o entendimento, vamos usar o nosso blog como exemplo, ok?

Se fôssemos monitorar a nossa marca nas redes sociais, poderíamos usar como palavras-chave “Knewin”, “blog do Assessor de Imprensa”, “Knewin News”, “Knewin Social”, “Knewin Enterprise” e “Knewin Monitoring”.

Todos esses termos têm relação com a nossa marca e precisam ser monitorados.

Entenda que isso facilita a captura de informações e permite que consigamos organizar a nossa rotina profissional, certo?

4. Fique de olho em todas as redes sociais

Outro passo sobre monitoramento de redes sociais para empresas que você não deve esquecer: fique de olho em todas as plataformas de mídias sociais.

Como assim?

Ainda há empresas que acham que, por terem conta apenas no Facebook, as outras redes não importam.

Nesse cenário, o que acontece é que você executa um monitoramento incompleto.

Afinal, é o mesmo cenário de monitorar apenas um jornal específico no clipping, enquanto existem muitos outros veículos que estão falando sobre você.

Então, não esqueça que podem existir menções sobre a sua marca no Twitter, mesmo que você não tenha uma conta lá.

Esse olhar cuidadoso para as redes sociais pode evitar, inclusive, o gatilho de uma crise de imagem.

5. Analise menções de forma qualitativa

Quinta dica para aprimorar o monitoramento de redes sociais para empresas: tenha um olhar qualitativo para analisar as menções sobre a marca.

Essa dica serve para te lembrar sobre 2 coisas:

  1. Fique longe de métricas de vaidade, que apenas inflam o ego da empresa.
  2. Não adianta você ter 50 menções e 40 serem negativas para o desempenho da marca.

Ou seja, comece a inserir análises qualitativas em sua rotina profissional.

Essas análises podem ter relação com sentimento, alcance, compartilhamento, engajamento, ROI, entre outras métricas.

Com frequência, falamos sobre a métrica de sentimento aqui no blog. E não é para menos, pois essa ferramenta ajuda a entender como o público enxerga a empresa de forma cuidadosa.

A partir da categorização em neutro, negativo e positivo, você consegue entender, com efetividade, qual é a visibilidade da marca nas redes sociais.

Dessa forma, é possível identificar pessoas insatisfeitas com a marca e construir ações de contingência para contornar a situação.

Além disso, você também consegue identificar influenciadores positivos sobre a sua empresa. Essas pessoas são grandes aliadas na conquista de mais visibilidade digital para a sua organização.

6. Elabore relatórios sobre o monitoramento

Sexta e última dica para monitorar redes sociais para empresas com efetividade: crie relatórios.

Sim, os relatórios são parte essencial do processo de monitoramento. Afinal, eles são documentos que compilam todas as informações que capturamos e analisamos sobre a marca dentro de um período específico.

E muitos profissionais deixam esta etapa de lado por 3 motivos:

  1. Medo de relatórios e de gráficos.
  2. Falta de tempo para construir o relatório.
  3. Falta de periodicidade na estratégia.

Se você se reconheceu nesses 3 motivos, saiba que há como contornar a situação.

O Knewin Social, por exemplo, automatiza a elaboração de relatórios relacionados ao monitoramento de redes sociais.

Todas as pesquisas que você estrutura na ferramenta geram documentos analíticos que facilitam a sua rotina.

Ou seja, ponto para você.

Uma segunda maneira de facilitar o processo é saber o que incluir na elaboração de relatórios.

E a gente te ajuda com isso. Temos um ebook com 12 passos para facilitar a construção de documentos analíticos. É só clicar aqui para fazer o download.

Mas vamos resumir esse assunto em 4 etapas para você:

  1. Compile todas as informações sobre o monitoramento de mídias sociais de cliente.
  2. Selecione as análises qualitativas que você fez com as menções sobre a marca.
  3. Alinhe o contexto das análises aos objetivos de seu cliente no monitoramento de redes sociais.
  4. Crie um documento visual para facilitar a comunicação com seu cliente.

Por fim, já que estamos falando sobre efetividade ao monitorar redes sociais para empresas, queremos te fazer um convite.

Solicite um teste GRATUITO no Knewin Social, a nossa ferramenta completa para monitoramento de mídias sociais. Nossa equipe está aguardando o seu contato. É só clicar no banner aqui embaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *