marketing de influência

O que marketing de influência tem a ver com assessoria de imprensa?

Você já ouviu falar em marketing de influência? Essa estratégia, que utiliza a parceria com digital influencers, é uma ótima opção para investir em comunicação efetiva com os públicos de interesse na assessoria de imprensa.

Baseado em criação de laços de confiança e geração de engajamento, o marketing de influência tem tudo a ver com o trabalho dos assessores de imprensa na era digital. Então, por que não incluir a estratégia no planejamento de comunicação do cliente?

Por que devemos pensar em marketing de influência

Relações de confiança com influenciadores, com o objetivo de gerar engajamento e atingir objetivos estipulados no planejamento de assessoria, é a base do marketing de influência.

Não adianta fugirmos do atual cenário em que a sociedade vive: vídeos no Youtube, perfis no Instagram, textos em blogs ou no Medium influenciam a opinião sobre algum assunto e a decisão de compra em relação a um produto.

Esse cenário é tão relevante que, segundo a pesquisa The State of Influencer Marketing 2018, feita pela Linqia, 86% dos profissionais de marketing consultados pelo estudo utilizaram o marketing de influência como estratégia para as marcas em 2017.

  • O que levar em conta no marketing de influência

Influenciadores digitais são pessoas que, a partir da produção de conteúdo, conquistaram laços de confiança com as pessoas no meio digital.

Por consequência, o que falam, como agem, como se posicionam na sociedade e o que consomem afeta milhares de pessoas.

Talvez você já tenha ouvido falar em nomes como Kefera Buchmann e Whindersson Nunes. Eles são grandes influenciadores de opinião no meio digital.

Mas marketing de influência vai muito além disso. Microinfluenciadores, de nicho, estão aí para mostrar que relação de confiança com o público não se resume a milhões de seguidores.

Em muitos casos, o investimento em parceria com microinfluenciadores gera muito mais impacto para uma marca. Afinal, o público atingido é mais segmentado.

No marketing de influência, podemos falar de quatro categorias de pessoas que a marca do nosso cliente pode se relacionar. Imprensa (jornalistas). Especialistas (bloggers e youtubers). Microinfluenciadores. Fãs influenciadores (pessoas comuns que se destacam no Instagram, por exemplo).

Olhe para os consumidores influenciadores (que sempre vão ao estabelecimento do cliente assessorado, por exemplo) com um olhar estratégico. Eles podem ser embaixadores de marca também.

É importante que você compreenda outro fato: os influencers ajudam marcas a conquistarem resultados porque atuam em 3 etapas relevantes: reconhecimento do problema, consideração da solução e tomada de decisão.

A partir de laços de confiança com o público, os influenciadores conseguem impactar pessoas, garantir a visibilidade do assessorado e agregar valor de confiança para a marca, influenciando a decisão dos consumidores.

Marketing de influência não é “um bicho de sete cabeças”. É apenas uma nova forma de olhar para as estratégias de comunicação externa e que traz diversas vantagens para os comunicadores sociais.

4 vantagens de incluir o marketing de influência no plano de assessoria

Nosso intuito com este post é que você perceba as vantagens de investir em marketing de influência no planejamento de assessoria e também consiga explicar para seu cliente que essa estratégia pode ajudar a potencializar a saúde da marca.

Para isso, selecionamos 4 benefícios que você conquista ao incluir a parceria com influenciadores digitais em sua rotina com assessoria digital. Esperamos que nossas dicas facilitem a elaboração de um planejamento assertivo para seu cliente, com estratégias bem direcionadas ao público de interesse da marca.

1. Potencial de engajamento dos influenciadores

A primeira vantagem de aproveitar o poder do marketing de influência no plano de ação da assessoria digital é o potencial de engajamento que os influencers têm em relação à audiência.

Afinal, os influenciadores digitais, através da produção de conteúdo de qualidade e com periodicidade, conquistaram uma legião de fãs que “compram a ideia que está sendo vendida” nos vídeos do Youtube, por exemplo.

Esses seguidores comentam e compartilham nos canais de comunicação dos influencers e utilizam essas pessoas como referência para aquisição de novos produtos.

Além disso, os influenciadores têm um poder de engajamento tão grande que são ótimas escolhas para parcerias em campanhas pontuais de marcas, eventos e ações que tenham alguma call-to-action.

2. Aumento da confiança na marca

Outro benefício de criar laços de parceria com influenciadores digitais é o aumento da confiança na marca, principalmente se é uma empresa de nicho, regional ou que está entrando agora do mercado.

Isso é bem simples de entender. Quando algum amigo ou influenciador de opinião que você segue compartilha um produto ou uma ideia, as chances de você levar a informação em conta aumentam.

Quando há um laço de confiança, é muito mais fácil “comprar a ideia”. Portanto, invista em marketing de influência sem medo e escolha influenciadores que estejam de acordo com as visões e missões da marca assessorada.

Invista no envio de press kits. Pessoas adoram se sentir queridas e importantes. Isso acontece muito com influenciadores digitais que atuam no Instagram, principalmente quando falamos do ramo gastronômico.

Quando falamos que é importante escolher influenciadores que estejam de acordo com os valores da marca não é à toa. O digital influencer só vai mostrar ao público produtos em que vê valor e acredita que vão ser úteis para a audiência. Além disso, também leva em conta se o produto está alinhado com a imagem que construiu no meio digital.

3. Canal de comunicação direto com os consumidores

A terceira vantagem de aproveitar o marketing de influência na assessoria de imprensa é a possibilidade de manter um canal de comunicação aberto e transparente com o público de interesse da marca.

A partir da parceria com influenciadores digitais e com ações de produção de conteúdo, é possível  aprimorar a divulgação da marca assessorada, atrair a atenção de possíveis clientes e manter um canal de comunicação sempre aberto com o público de interesse.

Aproveite o momento para solucionar dúvidas, disparar campanhas promocionais e ouvir o que as pessoas têm a dizer sobre a marca. Tudo isso ajuda a traçar estratégias mais sólidas e analisar se a empresa está atuando de acordo com as necessidades do público que precisam ser solucionadas.

4. Possibilidade de mensuração de resultados

O quarto motivo que faz o marketing de influência valer a pena no planejamento de assessoria é a possibilidade de mensurar os resultados das campanhas.

Muitos clientes de assessoria ainda ficam relutantes quando pensam em parcerias com influenciadores digitais porque não sabem como vão poder ver os resultados da ação.

Antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente os objetivos que se deseja alcançar com a parceria.

O que você pretende alcançar? São vendas? Curtidas? Conversões? Compartilhamentos?

Com o objetivo definido, fica muito mais fácil mensurar resultados. Se a ação com o influencer for compartilhada nas mídias sociais, utilize um software para monitoramento desses canais.

o Knewin Social, por exemplo, otimiza o processo de análise do desempenho de publicações nas mídias sociais, com observação dos comentários, compartilhamentos e demais desdobramento referentes à parceria com os influenciadores.

2 estratégias importantes da assessoria no marketing de influência

Para este post, também decidimos trazer 2 estratégias da assessoria de imprensa que são essenciais nas ações do marketing de influência: o clipping de notícias e o monitoramento de mídias sociais.

Sem essas duas estratégias, fica complicado mensurar resultados das parcerias com os digital influencers. Portanto, as inclua no planejamento de assessoria de imprensa.

1. Clipping

O monitoramento de notícias é importante para compreender os resultados do marketing de influência voltado para blogs e para a imprensa.

Afinal, permite que o assessor fique de olho em todos os conteúdos que mencionam o cliente no meio digital. Isso ajuda na obtenção de um panorama com os resultados da parceria com o influenciador, bem como permite analisar o teor das menções feitas sobre o cliente.

Clipping é uma estratégia muito conhecida por assessores de imprensa. Afinal, é uma ferramenta tradicional de comunicação externa.

O problema é que, hoje, temos muitos fontes de informação para monitorar- e não podemos nos dar ao luxo de deixar o clipping suscetível aos furos.

Então, contar com o auxílio de uma ferramenta de monitoramento de conteúdos é uma ótima alternativa. O Knewin Notícias permite que comunicadores sociais fiquem de olho em sites, blogs, notícias e vídeos que mencionam o cliente.

Dessa forma, você mantém o olhar estratégico, consegue analisar se a parceria com o influencer proporcionou os resultados esperados e ainda possibilita uma análise completa sobre a imagem da marca nos veículos jornalísticos.

Além disso, a plataforma ainda conta com o envio de alertas, o disparo facilitado de relatórios, filtros estratégicos para um clipping assertivo e uma equipe de suporte preparada para te ajudar a traçar um monitoramento de conteúdos completo.

2. Monitoramento de mídias sociais

O monitoramento de mídias sociais é estratégia imprescindível para o marketing de influência. Afinal, a maior parte das parcerias é feita no ambiente das redes sociais, certo?

Então, o passo mais seguro para você é monitorar os conteúdos e comentários publicados nesses canais de comunicação.

Isso vai permitir que você consiga selecionar métricas qualitativas que traduzam, de forma efetiva, o retorno da parceria com os influenciadores digitais.

Para te ajudar nessa missão, já que existem diversas mídias sociais, você pode contar com a ajuda de uma plataforma que automatiza e otimiza o processo do monitoramento de conteúdos.

O Knewin Social é uma ferramenta desse tipo. Ele permite que profissionais da comunicação acompanhem a marca nas redes sociais. Além disso, ajuda a analisar comentários (categorizando em neutro, negativo e positivo), verificar as páginas dos influenciadores, entre outras coisas.

O monitoramento de mídias sociais também é importante para identificar microinfluenciadores e consumidores que podem ser embaixadores de marca.

1 observação sobre marketing de influência e assessoria de imprensa

Por mais que marketing de influência seja uma estratégia cheia de benefícios, talvez você esteja em busca de uma estruturação-base para seu cliente.

A questão é que cada caso é um caso. Não há como dizermos para você como seu planejamento de parcerias com influenciadores digitais deve ser feito. Afinal, os cenários mudam de acordo com as marcas (e de acordo com os objetivos).

Pode ser que, agora, um influenciador de nicho seja mais eficaz para seu cliente. No entanto, em uma outra campanha, um influencer com milhões de seguidores pode atingir um público maior.

Tudo depende dos objetivos e das métricas que vão ser escolhidas para mensurar o investimento em ações com influenciadores digitais.

Então, sente com seu cliente e compreenda quais são as expectativas que ele tem em mente. A partir disso, você pode começar uma pesquisa de quais são os influenciadores que mais se encaixam no atual contexto da empresa.

Para se aprofundar no assunto, saiba que temos um White paper sobre Marketing de influência. O material é gratuito. Ele vai te ajudar a compreender, com um olhar muito mais minucioso, como essa ferramenta é poderosa para as ações de assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *