comunicação corporativa

Comunicação corporativa: 6 passos para alinhar à estratégia empresarial

Se você é um profissional que atua com comunicação corporativa, sabe que os desafios no dia a dia vão além de elaborar um bom conteúdo digital ou de construir uma ação para redes sociais.

Afinal, temos de estar alinhados ao plano estratégico da empresa e precisamos andar lado a lado com os objetivos da organização.

Só assim vai ser possível justificar orçamentos, garantir mais valorização à equipe de comunicação e mostrar que o seu trabalho é essencial para impulsionar a visibilidade e a reputação da empresa.

No entanto, lidar com tudo isso ainda é um desafio para muitos comunicadores sociais. É isso que mostra o European Communication Monitor 2019. 

Para 23,6% dos profissionais entrevistados, unir a estratégia empresarial às ações de comunicação é um obstáculo no dia a dia. 

Então, se você faz parte dessa parcela de comunicadores que sente dificuldade em alinhar ações de comunicação corporativa e plano estratégico empresarial, este artigo vai te ajudar.

Para isso, mapeamos 6 passos essenciais para que você conquiste resultados eficazes em sua rotina profissional.

6 passos para alinhar a comunicação corporativa ao plano estratégico empresarial

Falar sobre comunicação dentro de empresas significa abordar o cenário da estrutura de equipes que atuam com ações para público externo, interno e demais stakeholders.

Porém, como estão inseridas dentro do contexto organizacional, essas equipes estão mais próximas ao dia a dia da empresa e, principalmente, aos objetivos do plano estratégico.

Por isso, precisam alinhar as ações de comunicação corporativa ao planejamento da empresa para conquistar resultados efetivos e que impulsionem a visibilidade da marca em um determinado contexto.

Ou seja, tudo precisa fazer sentido dentro de um cenário macro.

E isso pode ser desafiador, principalmente quando enfrentamos gargalos no dia a dia que prejudicam a comunicação entre equipes e a conquista de resultados satisfatórios.

Assim, construímos este conteúdo com 6 passos que vão te ajudar a enfrentar gargalos e a planejar ações mais alinhadas ao contexto empresarial.

O objetivo deste conteúdo é que você ande lado a lado com a gestão da empresa, garantindo informações estratégicas e crescimento para a organização.


Afinal, comunicação corporativa não é só escrever textos ou “apagar incêndio”. 

Ser um comunicador digital significa ser orientado por dados e analítico em todos os momentos.

1. Entender o objetivo da empresa

O primeiro passo para alinhar as ações de comunicação corporativa ao plano estratégico da empresa é entender os objetivos da organização.

Parece simples e óbvio, mas, na correria do dia a dia e na pressão por resultados, acabamos esquecendo que a equipe de comunicação não é um núcleo que age de forma individual.

Tudo o que fazemos na nossa ponta de trabalho pode afetar outras equipes e, principalmente, os resultados empresariais.

Assim, é importante ter em mente qual é o objetivo da organização em um determinado período ou em uma situação específica, como investimento em eventos, patrocínios e aquisições.

Dessa forma, a equipe de comunicação vai conseguir entender qual é o ponto de partida e qual é o ponto de chegada. 

Em outras palavras, vai ser mais fácil pensar em ações que estejam alinhadas a esse cenário.

Então, não deixe esta etapa de lado em sua rotina profissional, certo?

2. Construir ações alinhadas aos objetivos da empresa

O segundo passo para uma comunicação corporativa de resultados é a continuação do entendimento dos objetivos da empresa.

Quando a equipe de comunicação tem uma base sólida sobre em que lugar a organização quer chegar, fica mais fácil construir um planejamento com ações alinhadas a esse cenário.

Se você tem dificuldade em construir planejamentos de comunicação, saiba que a gente tem um ebook sobre isso. É só clicar aqui.

Ao entender o objetivo e a missão da marca, fica mais fácil pensar em:

  • Sugestões de pauta para a imprensa.
  • Ações voltadas para redes sociais.
  • Elaboração de releases alinhados aos objetivos da empresa.
  • Melhora na comunicação com os colaboradores.
  • Mapeamento de temáticas estratégicas para impulsionar o processo de tomada de decisão.
  • Investimento em anúncios.
  • Promoção de eventos.
  • Conteúdos para garantir mais visibilidade à marca.
  • Parcerias que ajudam a conquistar objetivos.
  • Definição de métricas e indicadores de desempenho que facilitam a mensuração de resultados.

Ou seja, todo o planejamento da sua equipe precisa ser construído com base no ponto de chegada da organização.

Somente dessa forma vamos conseguir mostrar aos gestores que o setor de comunicação é valioso e estratégico para atingir os objetivos estipulados no plano de ação.

Além disso, construir ações alinhadas ao que a empresa quer conquistar facilita a organização do processo e nos ajuda a priorizar e a categorizar assuntos, métricas e gargalos no dia a dia.

3. Trabalhar em conjunto com outras equipes

Depois de entender a importância da compreensão dos objetivos empresariais e de construir ações alinhadas a esse cenário, chega o momento de enxergar a necessidade da colaboração entre equipes.

Afinal, uma empresa é feita de diversos setores essenciais para o crescimento da organização. Porém, todos precisam andar lado a lado na busca pelos mesmos objetivos.

Ou seja, o setor de comunicação precisa falar a mesma língua que a equipe de vendas, de atendimento ao cliente, de suporte e de produto, por exemplo.

Todos precisam caminhar juntos e construir uma cultura colaborativa, na qual as informações não fiquem concentradas em uma única equipe.

Assim, se você deseja conquistar uma comunicação de resultados, entenda que “Uma andorinha só não faz verão” e que “é impossível abraçar o mundo sozinho”.

Em outras palavras, trabalhe em conjunto com profissionais de outras equipes. Isso vai ser essencial para construir ações de comunicação realmente alinhadas à realidade da empresa.

Compartilhe as informações obtidas no monitoramento de redes sociais, por exemplo, para ajudar a equipe de Atendimento ao Cliente a avaliar gargalos e efetividade no setor.

Além disso, converse com outras equipes com o objetivo de obter novas ideias para a área de comunicação.


E também avalie se a sua equipe está com algum gargalo que afeta o desempenho de outros colaboradores.

O importante é entender que, quando a equipe de comunicação organizacional anda lado a lado com o restante da empresa, fica mais fácil obter um olhar macro, rico e estratégico para construir ações valiosas, analíticas e que tragam resultados efetivos.

4. Monitorar informações e orientar ações de comunicação corporativa por dados

O quarto passo deste conteúdo pode ser resumido na seguinte ideia: se você deseja alinhar a área de comunicação ao plano empresarial, precisa ser um profissional orientado por dados.

Ou seja, é necessário parar de construir ações baseadas em achismos. 

E esse é um dos grandes desafios para a comunicação corporativa. Conforme o European Communication Monitor 2019, estudo já citado aqui no artigo, entre os maiores obstáculos enfrentados no dia a dia, estão:

  • Usar os dados como aliados da comunicação.
  • Lidar com o alto fluxo de informações.
  • Reforçar o papel da equipe de comunicação na tomada de decisões mais estratégicas.

Ou seja, este quarto passo é um gargalo para muitos profissionais. No entanto, é possível contornar esse cenário.

Inclusive, temos um e-book para te ajudar nesse processo. É só clicar aqui para fazer o download.

Bem, para orientar ações por dados e alinhar a comunicação ao cenário empresarial, o primeiro passo é entender a importância do monitoramento de informações.

Monitorar informações é palavra-chave nesta etapa.

E você provavelmente conhece esse assunto como clipping.

No entanto, queremos que você vá além do conceito tradicional de clipping.

Monitoramento como aliado na comunicação corporativa de resultados

Se você monitora notícias com o objetivo de detectar pautas e releases que emplacaram, mude esse cenário agora mesmo.

O monitoramento é muito rico para ser limitado a esse escopo.

Afinal, é possível ir além e extrair informações valiosas para o desempenho de empresas, mantendo o olhar alinhado ao planejamento estratégico.

Como fazer isso? A resposta está na união da equipe de comunicação organizacional com a tecnologia.

Existem ferramentas como o Knewin News que te ajudam a monitorar informações de maneira abrangente, focando em aspectos estratégicos para a empresa.

Isso quer dizer que você consegue monitorar os passos da concorrência, as tendências de mercado, as movimentações políticas e econômicas, além da visibilidade que a marca tem na imprensa.

E tudo isso com o apoio de relatórios, de dados em tempo real, de pesquisas refinadas por palavras-chave e por abrangência de fontes noticiosas em diversos idiomas (rádio, TV, impresso e digital).

A partir disso, é possível conquistar um olhar analítico a fim de entender se a empresa está dando os passos certos rumo aos objetivos estipulados.

Ou seja, as ferramentas de monitoramento se tornam grandes aliadas na busca por tornar o processo de tomada de decisão mais efetivo para gestores e altos executivos.

Em outras palavras, a equipe de comunicação conquista um papel mais estratégico e mais alinhado ao que a organização necessita.

Então, se você ainda faz monitoramento pensando em identificar se a pauta X emplacou, é hora de virar o jogo e aproveitar todo o potencial dessa ferramenta.

Por fim, se você quiser conhecer o Knewin News e entender como é possível orientar o monitoramento de notícias por dados, é só clicar aqui.

5. Mensurar resultados

Como quinto passo deste conteúdo, temos a mensuração de resultados das ações de comunicação. 

Porém, esta etapa ainda é encarada com o foco em aspectos quantitativos (como a valoração) ou em métricas de vaidade (que inflam o ego de gestores).

E isso acaba prejudicando e mascarando os resultados obtidos com as ações estruturadas pela equipe de comunicação de uma empresa.

Então, qual é a solução para alinhar a mensuração de resultados ao plano estratégico organizacional? 

A resposta está no primeiro passo deste conteúdo: os objetivos empresariais.

Quando vamos mensurar resultados, temos de traduzir o que foi obtido com as estratégias de comunicação e alinhar esse cenário ao contexto dos objetivos da marca.

Ou seja, se você vai mensurar notícias, precisa avaliar aspectos mais qualitativos, como é o caso do sentimento das matérias que mencionam a marca e do impacto dos conteúdos jornalísticos na visibilidade da empresa.

Por outro lado, se você vai mensurar redes sociais, precisa alinhar o olhar analítico aos objetivos da empresa, buscando indicadores que ajudem a traduzir as conversões, a receptividade do público e o ROI de anúncios, por exemplo.

Aqui, o importante é compreender que a mensuração dos resultados de comunicação é algo que está inserido dentro de um contexto. 

Então, não adianta você focar apenas em indicadores micro que avaliam o desempenho do setor de comunicação.

É preciso ir além e selecionar indicadores de desempenho que ajudem a responder se as ações da sua equipe foram realmente efetivas para o crescimento da empresa e para que os objetivos fossem atingidos.

Dessa forma, o processo de construção de relatórios de desempenho vai ajudar os gestores a entenderem que o seu setor foi essencial para a conquista de objetivos, de mais visibilidade e de mais lucro para a empresa.

E se você precisa de ajuda com mensuração de resultados, não deixe de fazer o download do nosso e-book com 5 métricas que você deveria prestar atenção.

6. Reavaliar as ações de comunicação corporativa

Por fim, temos a reavaliação das ações de comunicação. E esta é uma etapa que você precisa colocar forças.

Quando você mensura os resultados e entende o desempenho e o papel do seu setor no crescimento da empresa, é possível identificar gargalos, ruídos, etapas que trouxeram retorno e ações que precisam ser modificadas.

Com isso, é possível avaliar, de maneira pontual, se os esforços para uma determinada ação de relacionamento com a imprensa foram realmente efetivos.

E isso te ajuda a conquistar uma equipe de comunicação mais eficaz, ágil, analítica e estratégica.

Além disso, é importante compreender que não é errado reavaliar ações que você estruturou e executou. Aliás, isso é essencial no cenário digital.

Afinal, a comunicação digital não é estática nem uma receita de bolo. Sempre precisamos diagnosticar os nossos processos e identificar o que precisa ser mudado.

É quase como um ciclo PDCA (planejar, fazer, checar e agir), com o objetivo de praticar a melhoria contínua nas estratégias de comunicação.

Então, a partir do que foi diagnosticado na mensuração de resultados, identifique o que precisa ser modificado, o que pode ser mantido e o que precisa estar mais alinhado aos objetivos da empresa.

E não esqueça: planos de ação empresariais estão em constante mudança. 

Por isso, evite ruídos no relacionamento com os gestores e procure entender em que direção a empresa deseja apontar os seus esforços.

Por fim, se você deseja olhar para esse cenário macro de forma analítica e estratégica, faça o download do nosso e-book Inteligência em comunicação – como ser um profissional orientado por dados.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *