notícias nas redes sociais

4 motivos para assessores monitorarem notícias nas redes sociais

Na era da comunicação digital, é fundamental compreender que o consumo de notícias nas redes sociais faz parte do dia a dia dos usuários. Diversas pessoas utilizam os canais de interação social para se manter informadas, compartilhar conteúdos e expor a opinião sobre os assuntos relevantes no momento.

Por causa disso, é imprescindível lembrar do monitoramento das notícias nas redes sociais, principalmente nos canais de comunicação digital dos veículos noticiosos.

Se você ainda não inclui essa estratégia na sua rotina como assessor de imprensa, saiba que está comprometendo a saúde do negócio do seu cliente. É hora de mudar seu olhar sobre o universo digital.

Entenda por que é fundamental falar sobre notícias nas redes sociais

Se você acessa as redes sociais com frequência, provavelmente sabe que muitas pessoas seguem (e acompanham) canais digitais de jornais, revistas e portais de notícia.

Além de utilizar as redes sociais para acompanhar as notícias, as pessoas compartilham as publicações, comentam e acabam sendo influenciadas pela opinião alheia. Isso tudo pode afetar a imagem de uma empresa.

Por isso, decidimos te mostrar que monitoramento de notícias nas redes sociais é uma atividade imprescindível na assessoria de imprensa digital.

  • Crises de imagem nas mídias sociais

Para entender isso, é só pensar na situação enfrentada por um centro cultural em Porto Alegre no início de setembro de 2017. Uma mostra de arte foi cancelada antes do tempo previsto por causa da opinião de um grupo de usuários, que foi compartilhada nas redes sociais.

A situação causou crise de imagem para a empresa. Por um lado houve o descontentamento do grupo de pessoas que não concordavam com a exposição. Por outro, houve a crítica ao cancelamento da mostra e o desgosto pela atitude do centro cultural.

O que aconteceu nas redes sociais é que muitas páginas de jornais publicaram notícias sobre o assunto, com diversas angulações sobre o tema. Além disso, em cada publicação, os usuários fizeram comentários sobre a situação.

Isso quer dizer que o estado de crise de imagem estava instalado, com chances de desestabilidade empresarial.

Se o assessor de imprensa não monitorar as notícias nas redes sociais, não vai ter noção do que a imprensa está falando sobre a marca, bem como não vai compreender a opinião do público externo. Um cenário complicado para a saúde de qualquer negócio.

Portanto, não deixe o monitoramento de conteúdos noticiosos nas redes sociais de lado. Se abordamos a importância do clipping no dia a dia da assessoria de imprensa, temos noção de que não podemos esquecer dos canais digitais de comunicação.

Zmonitor

Para facilitar sua rotina de monitoramento de notícias nas redes sociais, sem comprometer sua rotina, saiba que a tecnologia existe para te ajudar. O Zmonitor, da empresa Zubit (parceira aqui do blog), por exemplo, é uma ferramenta que proporciona olhar estratégico para os profissionais da comunicação.

No entanto, se você ainda está em dúvida se deve monitorar canais noticiosos nas redes sociais, saiba que selecionamos 4 ótimos motivos para mudar seu olhar sobre a assessoria de imprensa digital.

4 motivos para fazer monitoramento de notícias nas redes sociais

Os 4 motivos que selecionamos para este post foram escolhidos com muito cuidado para potencializar sua rotina. Afinal, quando falamos de notícias nas redes sociais, tocamos em um ponto muito delicado para a reputação de uma marca.

Confira nossas dicas para entender o porquê do monitoramento de canais noticiosos nas redes sociais ser uma estratégia essencial na assessoria de imprensa.

1. Analisar comentários dos usuários

Um dos motivos de fazer o monitoramento de notícias nas redes sociais é a possibilidade de analisar os comentários publicados pelos usuários, as reações que tiveram e a interação gerada pelo conteúdo da página jornalística.

Isso é essencial para uma estratégia imprescindível na assessoria de imprensa: a análise de sentimento.

A partir da categorização qualitativa dos comentários dos usuários, o assessor de imprensa pode criar um panorama sobre a imagem da empresa, algo que podemos chamar de termômetro de imagem.

Esse panorama ajuda a contornar possíveis crises de imagem, analisar os interesses do público e gerenciar situações delicadas para a empresa de seu cliente.

A gente já publicou um post sobre esse assunto. Para se aprofundar no tema, é só clicar aqui.

2. Monitorar o que a imprensa publica sobre o cliente

Da mesma forma que é importante monitorar os comentários dos usuários em publicações de páginas noticiosas nas redes sociais para gerenciar crises, é fundamental analisar as notícias veiculadas nesses canais digitais.

Podemos dizer que isso é um clipping de notícias para redes sociais. Afinal, é uma forma de monitorar o que os veículos noticiosos estão dizendo sobre seu cliente nos canais de comunicação mais utilizados na era digital.

Ao monitorar as notícias nas mídias sociais e nos próprios sites jornalísticos, a entrega de resultados para seu cliente vai ficar mais completa. Isso potencializa seu rendimento profissional e permite que a saúde da marca fique estabilizada.

3. Identificar fake news

Outro motivo para você incluir o monitoramento de notícias nas mídias sociais em sua rotina é algo muito preocupante para a comunicação digital: as fake news.

As notícias falsas são um assunto preocupante para a era da comunicação digital. Afinal, têm relação com as bolhas de informação que vivenciamos nas redes sociais.

Para se aprofundar no assunto, leia o nosso post sobre esse tema. No entanto, compreenda que a dinâmica das redes sociais favoreceu o compartilhamento de conteúdos falsos, pois as pessoas não se preocupam em checar a veracidade dos fatos.

Pensar nisso é importante para evitar que informações falsas sobre seu cliente sejam compartilhadas em páginas noticiosas.

Essa é uma atitude que qualquer assessor de imprensa estratégico precisa levar como mantra no dia a dia, para evitar que a saúde da marca fique vulnerável no meio digital.

4. Acompanhar a concorrência

Nosso quarto ponto para valorizar o monitoramento de publicações jornalísticas nas redes sociais é manter o olhar estratégico e acompanhar a concorrência de seu cliente.

Esse monitoramento nas redes sociais é diferente do que geralmente abordamos aqui no blog quando falamos de canais de comunicação digital, que envolve estratégias das páginas dos concorrentes.

Neste post sobre conteúdos jornalísticos, o monitoramento da concorrência nas redes sociais se assemelha ao que você executa no clipping de notícias. Ou seja, olhar estratégico para os conteúdos publicados pela imprensa.

As redes sociais são ótimas fontes para acompanhar menções feitas aos concorrentes de seu cliente. Dessa forma, você consegue ficar à frente das outras empresas, analisar erros e encontrar oportunidades e diferenciais para a marca assessorada por você.

Portanto, não deixe essa estratégia de lado. Seu dia a dia só tem a ganhar com o monitoramento de notícias nas mídias sociais.

Além disso, não esqueça que esse é apenas um dos desafios que a era digital trouxe para as áreas da Comunicação Social. Para conhecer outros, sugerimos o download do nosso e-book Assessoria de imprensa digital: 12 coisas que todo comunicador precisa conhecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *