Saiba como é possível melhorar a presença digital do cliente

Saiba como é possível melhorar a presença digital do cliente

O tempo em que enviar releases para jornais impressos era imprescindível na tarefa do assessor de imprensa ficou para trás. Claro que isso ainda é importante, mas agora você pode aproveitar outras alternativas e trabalhar com a presença digital do cliente. Saber como usar as vantagens proporcionadas pela internet pode ser o diferencial para a geração de resultados satisfatórios.

Conheça estratégias para impulsionar a presença digital

Se você está fazendo o planejamento de comunicação do cliente, provavelmente deve ter pensado nas estratégias que vão ser usadas para a conquista de bons resultados. Se as táticas para a manutenção da presença digital passaram despercebidas, pare o que está fazendo e reveja tudo o que foi elaborado.

Não esqueça que o meio digital tem especificidades diferentes do offline. Para manter a reputação de uma empresa na internet, é preciso ter jogo de cintura e sempre manter uma carta na manga. Por isso, separamos 3 estratégias essenciais para ajudar no seu planejamento de comunicação.

1. Redes sociais

A estreita relação entre a presença digital de empresas e a conquista de novos clientes já é algo conhecido por quem trabalha com assessoria de imprensa. Por isso, a ideia de criar  perfis ou páginas para o assessorado nesses canais de comunicação já deve ter passado por sua cabeça.

No entanto, antes de criar contas em todas as redes sociais, pare e analise quais canais são essenciais para o crescimento do negócio do cliente. Não adianta estar no Instagram, por exemplo, se isso não vai ser útil ou vai ser de difícil atualização. Isso vale para todas as redes sociais conhecidas e utilizadas como estratégia por assessores de imprensa.

2. Site e blog

Quem trabalha com comunicação no meio digital já deve ter ouvido falar que sites e blogs são ótimos canais para publicar conteúdos de qualidade e utilizar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para melhorar o posicionamento no Google.

Além disso, a criação de um site, por exemplo, é fator essencial para buscar um posicionamento digital. Empresas que não estão na Internet acabam passando despercebido e demoram mais para conquistar novos clientes, pois dependem apenas de estratégias offline.

3. Conteúdo relevante

Antes de tudo, o assessor de imprensa precisa entender que não adianta criar contas nas redes sociais ou ter um blog para o cliente se o conteúdo for deixado de lado. O que vai ser postado em cada canal de comunicação importa – e muito.

Por isso, planeje os conteúdos para esses canais com calma e cuidado, lembrando que sites, blogs e redes sociais têm diferentes especificidades. Isso quer dizer que o que vai ser postado no Facebook, por exemplo, não é o mesmo que vai ser publicado no blog. Além disso, lembre-se de apostar em materiais relevantes para o público. 

Apenas essas ações não são suficientes. Entenda a importância de analisar seus concorrentes

Observar como a concorrência do cliente se comporta no meio digital é uma estratégia importante para o trabalho do assessor de imprensa, já que isso possibilita a percepção do que pode ser feito de diferente, que atitudes tomar ou não, como posicionar a marca, qual o público-alvo do concorrente e o que difere do assessorado.

Quando se fala em redes sociais, o assessor de imprensa pode entrar na página do concorrente para analisar que tipo de conteúdo está sendo publicado ao longo do tempo, se essa estratégia dá certo, que diferencial você pode oferecer ao cliente, qual o engajamento que a concorrência obtém, entre outras coisas.

Caso o assessor de imprensa queira monitorar como anda a presença digital do concorrente em veículos noticiosos, por exemplo, é possível fazer a pesquisa em sites de busca e analisar o que está sendo falado de positivo e de negativo. Essa é uma técnica gratuita para a clipagem de matérias publicadas na internet.

No entanto, como monitorar notícias em sites de busca é uma tarefa que acaba comprometendo a rotina, é possível contar com o auxílio de ferramentas que otimizam essa pesquisa e permitem que o profissional possa exercer outras atividades referentes a sua função.

As ferramentas de clipagem, por exemplo,  permitem que o assessor de imprensa consiga monitorar notícias relacionadas aos concorrentes do cliente e ao mercado de atuação do negócio. Isso é uma forma de enxergar novas oportunidades para melhorar a visibilidade digital da marca assessorada.

Se você quiser se aprofundar no assunto, confira o ebook gratuito “Clipagem como serviço: como estruturar, oferecer e rentabilizar com monitoramento de notícias”.

Clipagem como serviço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *