4 atitudes para evitar falhas na comunicação em assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia

4 atitudes para evitar falhas na comunicação em assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia

Se pensar em assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia te dá calafrios, talvez seja a hora de reavaliar suas atitudes e ver se você não está comprometendo os resultados de seu cliente com falhas na comunicação.

Saiba que ruídos na comunicação entre assessores de imprensa e jornalistas é algo relativamente comum, já que os dois profissionais querem controlar as informações de formas diferentes.

No entanto, isso é algo que pode fazer seu release ser descartado (afetando os resultados do seu planejamento, por exemplo). Por isso, é importante estar atento às atitudes que evitam esse tipo de problema – e que trazem de volta o sorriso ao seu cliente, ao jornalista e a você.

Descubra 4 formas de evitar ruídos em assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia

Como sabemos que assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia é um assunto que gera debates, dúvidas e muitos questionamentos, selecionamos 4 atitudes que podem ser o segredo para o bom convívio entre as duas áreas da comunicação.

1. Preste atenção nos interesses dos jornalistas

O envio de releases é um dos pilares da assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia. No entanto, para que o disparo seja efetivo, você deve lembrar que cada profissional tem um assunto de preferência.

Além disso, determinados veículos noticiosos têm uma visão x ou y sobre a cobertura de assuntos. Portanto, para evitar situações que possam desgastar o relacionamento com a imprensa (quando você esperava um posicionamento, mas o foco da matéria foi outro), avalie (com olhar estratégico) para quais profissionais vale a pena enviar o release.

2. Foque em conteúdos relevantes

Para evitar falhas na comunicação em assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia, lembre-se de um ponto fundamental: relevância jornalística.

O que isso quer dizer? Pense no seu release como um texto jornalístico. Analise se ele é útil para o profissional que você está enviando. Avalie se o material vai poder solucionar problemas e dúvidas de leitores.

Essa atitude simples vai facilitar muito a sua rotina – e vai evitar situações desgastantes com outros profissionais da comunicação.

Além disso, tenha noção de que os jornalistas também vivem uma rotina atarefada como a sua. E não, não falta assunto para pautarem no dia a dia. Aliás, sobra. O problema é que muitos dos conteúdos que recebem não geram interesse para publicação.

Por isso, antes de enviar releases e fazer follow-up, invista um tempo para avaliar se a produção do texto e o disparo valem a pena. Manter um bom relacionamento com a imprensa envolve lembrar da ideia de que menos é mais.

3. Valorize o networking

Outro ponto fundamental para que assessoria de imprensa e relacionamento com a mídia seja algo saudável é se preocupar com networking. Se você ainda não sabe o motivo, calma! Vamos te explicar.

Com o crescimento do meio digital, existem diversas formas de abordar um jornalista. No entanto, não há maneira mais eficaz do que o contato pessoal no mundo offline.

Valorize o networking em eventos da comunicação. Crie laços no meio offline. Depois, mantenha as relações em redes sociais, por exemplo. Isso tudo vai facilitar o envio de releases para a imprensa e vai evitar que você seja um profissional invasivo e inconveniente.

4. Saiba compreender contratempos

Você produziu o release, se preocupou com networking, analisou os interesses dos jornalistas, disparou o material para o profissional correto, ele ficou instigado, mas no fim a pauta não emplacou. Antes de transformar o bom relacionamento em algo desgastante, pare e respire um pouco. Contratempos acontecem.

Seja pela hora que o release foi enviado, por outros eventos que possam acontecer no mesmo dia ou por qualquer outro tipo de empecilho, os contratempos são situações que acontecem – e você não tem controle sobre eles.

Então, em vez de ficar nervoso com a situação, tente manter a calma. Sabemos que você comprometeu sua rotina com todos os passos para emplacar o release, mas isso está fora de seu controle – e nem sempre o jornalista teve escolha também.

Por isso, é interessante que você sempre tenha um plano B na manga. Tenha outros jornalistas e influenciadores digitais em mente para disparar releases.

Além de tudo isso, é importante que você verifique o formato da sugestão de pauta que você vai enviar ao jornalista. Para chamar a atenção no meio de tantos outros conteúdos, é fundamental analisar se o melhor é enviar um texto ou infográfico, por exemplo.

Essas estratégias fazem parte do atual cenário da assessoria de imprensa. Para se aprofundar no assunto, faça o download do nosso e-book Muito além do release: desafios do assessor de imprensa digital.

BANNER_comkt-CI-muito-mais-que-release

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *